Agenda Cidades
Agendas: outras Cidades | São Paulo | Rádio & TV

 
Recife Jazz Festival 2008 - Cantiga Caarina (PE), Mallavoodoo (PE) e Contracuarteto (Chile)

15/novembro (sáb.), das 17h às 19h.

O Recife Jazz Festival chega em sua quinta edição ainda mais internacional, e mantendo o ímpeto de criar na capital pernambucana um pólo turístico-cultural de difusão do jazz. De 14 a 16 de novembro (sexta a domingo), 18 atrações brasileiras e estrangeiras mostrarão bons exemplos da riqueza da música improvisativa contemporânea. Este será o Ano Maurício Chiapetta no RJF. O músico homenageado é um baterista de talento reconhecido pelos próprios colegas, além de ter formado várias gerações de novos instrumentistas, através do Conservatório Pernambucano de Música.

Por ser gratuito, o Recife Jazz Festival 2008 traz em si uma proposta didática de desmistificar e questionar o jazz como música de elite, já que suas raízes sempre estiveram nos subúrbios. Este ano, o evento conta com dois palcos especiais: um na Torre Malakoff, e outro na Praça do Arsenal, bairro do Recife Antigo. Lá, além das atrações nacionais, o público pernambucano terá a oportunidade de conhecer talentos da França, EUA, Argentina, Colômbia, Chile e Uruguai.

O Recife Jazz Festival 2008 é uma realização da SaxJazz Produções, com patrocínio do Governo do Estado de Pernambuco, através da Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura/Fundarpe, da Prefeitura da Cidade do Recife, e apoio da Agência de Apoio ao Empreendedor e Pequeno Empresário - Sebrae, do Consulado da França no Brasil e do FaroLatino Música e Vídeo.

Histórico do RJF – Nas versões anteriores, o RJF ocupou por três anos o Pátio de São Pedro, palco e cenário dedicado à cultura popular. Cerca de três mil pessoas por noite acompanharam o evento, o que o qualificou como espaço garantido de qualidade na agenda cultural do Recife. No ano passado, em sua quarta edição, o RJF lotou a Torre Malakoff com 18 atrações de cinco países, promovendo assim o intercâmbio e a discussão sobre a cadeia produtiva da música instrumental contemporânea no estado.

Cantiga Caarina (PE) Projeto que procura unir vertentes diversas da música brasileira e do jazz moderno através de melodias que se apresentam ora simples, ora rebuscadas, costuradas por harmonias contemporâneas e ritmos do Brasil e do mundo.Com influências que vão desde Baden Powell, passando por Herbie Hancock, Heraldo do Monte e Miles Davis até Jackson do Pandeiro e Tom Jobim, a Cantiga Caarina tem a satisfação de mostrar seu trabalho, ainda inédito, pela primeira vez no Recife Jazz Festival 2008. O grupo é formado por Maneco Baccarelli (voz), Leopoldo Mello (violões e guitarras), Misael Barros (bateria), Bráulio Araújo (baixo) e Gilsinho (percussão).

Mallavoodoo (PE) Grupo formado pelo contra-baixista Thales Silveira; o guitarrista e violonista Alexandre Bicudo; o tecladista Mario Lobo; e o baterista Ebel Perrelli. Desenvolve intenso trabalho na busca de novos caminhos para a música instrumental contemporânea com o único compromisso de liberdade de criação, sem comprometimento com rótulos ou fronteiras. O grupo tem dois cds lançados O Inverno e a Garça (2001) e Soma (2006).

Contracuarteto (Chile) Grupo formado por solistas da geração 2000 que saltaram no cenário do jazz chileno com grande presença, preparação bastante arrojada, dotes inatos como improvisadores, ativos compositores de música moderna e estudiosos aplicados do jazz. O Contracuarteto escolheu este nome para descrever seu trabalho de intervenção dos esquemas jazzísticos tradicionais (tipo “anti-bop”), desdobrando jogos polifônicos entre seus saxofones para criar o suporte harmônico necessário devido à ausência do piano. O grupo é formado por Cristián Gallardo (sax alto); Andrés Perez (sax tenor); e os irmãos Lecaros, Roberto Jr. e Félix, no contrabaixo e na bateria, respectivamente).

QUANTO: Gratuito

OBS: Palco Torre Malakoff

Local:

Teatro Armazém 14
Av Alfredo Lisboa, 14
Recife Velho
Recife - PE
Tel.: (81) 3424-5613

Publicidade