Ejazz – o site do jazz e da música instrumental brasileira
Ejazz – o site do jazz e da música instrumental brasileira
 
 

Traditional Jazz Band
lança CD Broadway

A vigorosa banda paulistana de jazz, a Traditional Jazz Band, que recebeu os maiores elogios da crítica nacional e estrangeira, volta com mais uma vitoriosa temporada. Com um repertório de empolgar os ouvidos mais exigentes e aficcionados do jazz, a banda lança o décimo oitavo CD, que tem como título “Broadway”.

O CD duplo reúne 31 canções sendo que 5 músicas foram versadas em português e traz uma mistura do jazz de um compositor negro e do jazz de um compositor branco. E quem eramesses compositores da Broadway? Ora, ninguém menos que Fats Waller (compositor e pianista de formação clássica) representante do jazz negro e os irmãos George (compositor e pianista com formação clássica) e Ira Gershiwin (letrista e pianista com formação clássica) representantes do jazz branco. Aqui, no auge da forma artística e do sucesso, ambos sofreram preconceitos, discriminações e perseguições nos Estados Unidos pelo fato de um ser negro e os dois outros judeus. Além disso, Fast Walter e os irmãos Gershiwin participaram de filmes em Hollywoold, onde o jazz entrou e permanece até hoje, nas trilhas sonoras e temas, ou inspirando grandes roteiros.

Entre as composições que o CD Broadway apresenta podemos destacar: Aint Misbehavin, I’m gonna sit Right down, Your Feets too Big – com versão em português e que tem como título “Ela é ciumenta demais” entre outras.

Todas as músicas registradas no CD Broadway são o resultado de arranjos elaborados associados ao improviso coletivo, bom gosto e talento em função do entrosamento dos músicos da Traditional Jazz Band.

A Tradidional Jazz Band faz jus ao título de uma das mais expressivas bandas de jazz de todo o Brasil. Todos os Lps e CD’s gravados até hoje pela banda revelam o perfil musical de cada músico e a própria trajetória percorrida pelo grupo. Além disso, o trabalho da banda está cadastrado no Smithsonian Museum de Washigton, Jazz Museum da Louisiana e no Museu de Jazz de New Orleans, onde sua discografia encontra-se catalogada. Ao que consta, a Traditional Jazz Band foi a primeira grande banda brasileira de jazz a se apresentar com sucesso em grandes festivais de jazz do mundo, incluindo New Orleans, o berço do jazz.

Os discos estão à venda na Livraria Cultura (São Paulo) ou podem ser adquiridos via Internet (www.jazzband.com.br). Além disso, no segundo semestre deste ano (junho), a banda fará uma turnê na Europa para a divulgação deste novo trabalho.

 

Histórico da Traditional Jazz Band

Todos são profissionais liberais. Sempre que podem trocam a correria, o stress e as tensões enfrentadas durante todo o dia pela grande paixão: a música. Os integrantes da Traditional Jazz Band relaxam e mostram que a afinação e sensibilidade dessa turma, com certeza não é coisa de profissional liberal e juntos, os “rapazes” conseguem reunir muito balanço, bom gosto, criatividade e talento.

Criada em 1964 por um grupo de amigos, a Traditional Jazz Band busca não apenas reproduzir o jazz tradicional de New Orleans, mas pesquisá-lo e recriá-lo com toques contemporâneos, desenvolvendo estilo prório tanto no coletivo de tal modo que cada integrante da banda tem seu espaço próprio de criação.

Formada por músicos reconhecidos no cenário da música nacional e internacional, os integrantes da banda são: Alcides de Oliveira Lima, o Cidão (bateria e washboard), Edo Callia (piano), Eduardo Bugni, o Dudu (banjo e violão), Alexandre Arruda (Trombone), Carlos Chaim (contrabaixo), Austin Roberts (trumpet) e Marcos Mônaco (clarinete, sax-alto, sax-tenor, sax-soprano e flauta).

Considerada pela crítica especializada uma banda atual, moderna, que marca por sua filosofia de vida, representada pelas músicas que executa, pela liberdade e a alegria de criar, a Traditional Jazz Band, de lá pra cá já lançou dezoito discos gravados sendo duas trilhas sonoras de filmes nacionais. O repertório da banda focaliza o som nascido em New Orleans e suas ramificações dos anos 20 aos 50. No currículo da Banda estão incluídos centenas de shows no Brasil e no exterior além de participações em vários Festivais Internacionais por todo o mundo. A Tradidional Jazz Band faz jus ao título de uma das mais expressivas bandas de jazz de todo o Brasil. Todos os Lps e CD’s gravados ate hoje pela banda revelam o perfil musical de cada músico e a própria trajetória percorrida pelo grupo. Ao que consta, a Traditional Jazz Band foi a primeira grande banda brasileira de jazz a se apresentar com sucesso nos Estados Unidos, berço do jazz.

Além disso, o trabalho da banda está cadastrado no Smithsonian Museum de Washigton, Jazz Museum da Louisiana e no Museu de Jazz de New Orleans, onde sua discografia encontra-se catalogada.

Cantar e divulgar o jazz traditional é o objetivo da banda, que durante esses 39 anos de trajetória quebrou o tabu mostrando que o jazz não é só para estudantes de música e intelectuais. Os músicos da banda definem seu trabalho com a seguinte frase: “Somos um grupo de amigos que se diverte ao tocar para amigos que gostam do jazz”, declaram em coro.

Nas apresentações da Traditional Jazz Band percebemos que não acontece um espetáculo de um artista e sua banda com uma mega produção apoiada por dezenas de técnicos. O clima é descontraído e informal, misturando música, informação, e muitas vezes os músicos da banda dão a impressão de estarem se divertindo mais que a platéia. O humor é uma outra característica que não podemos deixar de citar que está presente durante às duas horas shows. A animação do espetáculo fica por conta do baterista Cidão que coadjuvado pelos demais integrantes da banda se revela um excelente mestre “sem cerimônias”, contando piadas e dando explicações sobre cada tema interpretado pelos músicos. Já a platéia por sua vez corresponde aos músicos nas apresentações em alguns temas cantam com a banda além de acompanhar as músicas balançando o corpo, enquanto os mais entusiasmados aplaudem os eventuais solos dos instrumentistas gritando palavras de incentivo e aprovação. Resultado: o público se diverte e aprende a conhecer um pouco mais sobre essa música que nasceu tão longe do Brasil, mas que cada vez ganha mais adeptos.

Além dos shows no Brasil e Exterior, a Traditional Jazz Band encontra tempo na agenda para se dedicar a projetos culturais. Entre eles podemos citar o projeto idealizado pelo grupo o “Vamos ao Jazz”, que consiste uma viagem pelo jazz apresentando semanalmente um programa diferente, o “Show Train” (um trem de verdade que puxava um vagão palco e a banda fazia o show na estação) além da gravação do hino oficial no combate a dengue, CD institucional sobre o tema que está sendo distribuído nos veículos de comunicação, escolas e postos de saúde.

apoio cultural
 

 

o jazz | artistas | estilos | instrumentos | obras primas | festivais | ao vivo | lançamentos | livros
agenda sp | agenda cidades | rádio & tv | notícias | entrevistas | contato